Pais

02 out

Jovens, que representam o futuro, estão alienados com o presente

Sílvia Gusmão

Um paradoxo se evidencia: os jovens sempre foram associados àqueles que “serão o futuro do nosso País”, contudo, atualmente muitos deles se mostram alienados aos imperativos de viver o presente. Embora saibamos que a adolescência é um período de mudanças e descobertas, vivenciadas de modo intenso e imediatista, percebe-se hoje uma desmedida na maneira como se apresentam essas características.

quarta-feira , 02 de out, 2013 Categoria : Pais 0 Comentários

02 ago

FRUSTRAÇÃO FAZ BEM

Sílvia Gusmão

Em julho de 2011, um artigo publicado pela jornalista, escritora e documentarista Eliane Brum na revista Época teve forte repercussão em blogs e nas redes sociais por tocar em um dos sintomas que caracterizam o mundo atual. Embora o tema não seja novo, o texto aponta com agudeza e clareza como a juventude de hoje, embora mais bem qualificada, é mais despreparada para a vida.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Pais 0 Comentários

02 ago

FAMÍLIA AUSENTE, EDUCAÇÃO EM CRISE

Sílvia Gusmão

Hannah Arendt há meio século, previu que a educação seria atingida pela crise da família contemporânea. Atualmente, testemunhamos os efeitos gerados a partir da dinâmica instalada na família, cujas relações são marcadas pela horizontalidade, decorrente do declínio do poder patriarcal, também associado à emancipação da mulher e à sua entrada no mercado de trabalho. Esses fatores modificaram a maneira de educar e a sintonia que existia, em especial, entre família e escola. Dentre essas mudanças, destaca-se a dificuldade dos pais de estabelecer e sustentar os limites, o que tem resultado em sintomas psíquicos e sociais evidenciados na incapacidade dos filhos para lidar com a diferença, respeitar o outro e compartilhar a vida em sociedade.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Pais 0 Comentários

02 ago

NÃO EXISTE A ESCOLA IDEAL

Sílvia Gusmão

Das escolas brasileiras que costumam ficar no topo do ranking de desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sabemos que a maioria funciona em tempo integral, utiliza horas extras para estimular áreas do conhecimento como música ou arte, além das atividades que articulam o conteúdo teórico à vivência dos alunos. Muitas adotam um projeto pedagógico que instiga o raciocínio lógico, a reflexão crítica e a capacidade do estudante de criar soluções diante de situações novas. Essas condições são sustentadas por um corpo docente que se diferencia tanto pela competência quanto pela maior disponibilidade de horas de trabalho dedicadas à instituição.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Pais 0 Comentários

02 ago

QUAL É O TEMPO ADEQUADO PARA OS FILHOS ESCOLHEREM A PROFISSÃO?

Sílvia Gusmão

Na palestra realizada na terça-feira, dia 16 de abril, para os pais do Colégio Equipe, dentre as questões levantadas por eles, destaco uma: qual é o tempo adequado para os nossos filhos escolherem a profissão?

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Pais 0 Comentários

02 ago

O EXIGENTE PROCESSO DA ESCOLHA PROFISSIONAL

Sílvia Gusmão

Muitas vezes escutamos os pais, ao duvidarem da condição do filho de escolher bem a profissão, expressarem a seguinte proposição: “Caso não se identifiquem com o curso que escolheram, são muitos jovens, têm tempo para refazer o percurso”. Na tentativa de proteger os adolescentes do clima de tensão e sem terem clara consciência da entrada na vida adulta, reforçam a imaturidade que apontam, sem considerarem os prejuízos pessoais e profissionais ocasionados pelas trajetórias sem rumo. Esquecem que ser adulto implica fazer escolhas e se responsabilizar pelas consequências de suas atitudes e decisões.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Estudantes 0 Comentários

02 ago

O EQUÍVOCO DAS “CERTEZAS”

Sílvia Gusmão

Tem sido uma realidade cada vez mais comum o crescente número de universitários que procuram orientação profissional para repensar o curso que estão fazendo. Chama-nos a atenção, porém, o fato de explicarem o equívoco sob a alegação de terem decidido de modo “fechado” na ocasião do primeiro vestibular. Ou seja, escolheram aferrando-se a uma certeza inabalável, sem terem disponibilidade interna para fazer qualquer reflexão a respeito do assunto ou para investigar a profissão de interesse, nem se permitindo escutar qualquer intervenção externa.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Estudantes 0 Comentários

02 ago

O FUTURO COMEÇA HOJE

Sílvia Gusmão

“Estou surpresa pela posição de minha filha durante o vestibular! Embora tenha sido aprovada numa faculdade particular antes do resultado da UFPE, não quis se matricular, tampouco permitiu que fizéssemos sua inscrição para o curso de Administração da UPE, apesar de nosso apelo. Não adianta - reproduz a fala da filha - só quero Direito e na UFPE. Se não passar, tento novamente no próximo ano.”
Depoimento de uma mãe sobre a experiência da filha, que conquistou uma vaga no curso de Direito da UFPE.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Estudantes 0 Comentários

02 ago

PAIS: NÃO BASTA PATROCINAR, TEM QUE PARTICIPAR

Eliene Rodrigues

Está em voga os jovens fazerem vestibular em diversas faculdades optando, na maioria das vezes, por carreiras diferentes. Na tentativa de ajudar, os pais embarcam nessa aventura, patrocinando a variedade de cursos de matérias isoladas e de inscrições para o “festival” de vestibulares.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Pais 0 Comentários

02 ago

OS PAIS DEVEM OPINAR

Sílvia Gusmão

Todos reconhecem a força dos pais na hora de os filhos escolherem a profissão. Apesar dessa importância, eles costumam ficar como observadores silenciosos, temendo exercer uma influência prejudicial. No entanto, ao contrário do que imaginam, sua ausência deixa os jovens ressentidos e desorientados. Este é um dos motivos de discussões entre profissionais, tendo sido, recentemente, objeto da pesquisa de uma monografia elaborada por alunos de um colégio particular do Recife.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Pais 0 Comentários

DEPOIMENTOS

Escolher que profissão seguir não é tarefa fácil, especialmente sozinho. Ótimos métodos, boa temática de avaliação, boa dinâmica nos encontros, consultora muito gente boa e ajudou bastante.

 

 

Morgana Herdle

Morgana Herdle
depoimentos de estudantes

“Sou psicólogo e psicanalista, moro em Caruaru. Trabalhei doze anos numa escola particular de classe média nessa cidade. Fiz o curso da Trajeto e saí com um projeto que atendia à minha realidade e necessidade  institucional.

Fiz grandes amizades e trocas de experiências com diversos profissionais de outras escolas e realidades, o que enriqueceu o meu repertório de ação e intervenção junto à minha clientela. Super recomendo o curso. É uma equipe competente e comprometida. Obrigado a todos pela formação!”

Maurício Ramos
depoimentos de profissionais

HISTÓRICO

NEWSLETTER

Cadastre-se abaixo e receba em seu e-mail as novidades da Trajeto Consultoria.
[mc4wp-form]

Rua das Pernambucanas, 407, sala 709.
CEP: 52011 - 010, Graças, Recife - PE.
Fone/Fax: (81) 3221.1566
Website desenvolvido pela Unu Soluções