02 ago

ARMADILHAS DA ESCOLHA PROFISSIONAL

Eliene Rodrigues

Constata-se hoje a tendência de menosprezar o cuidado e a responsabilidade com as escolhas. Essa é uma das razões da prioridade que se tem dado a caminhos breves e mais fáceis. No caso da escolha profissional, tais caminhos levam a alternativas que se apoiam em ilusões propiciadoras de uma acomodação provisória ou de uma trajetória profissional frustrante.

 

Fazer escolhas não é tarefa fácil. Provoca inquietações e dificuldades que têm origens objetivas (baseadas em dados e fatos da realidade) e subjetivas (desejos, fantasias, expectativas, ansiedades, temores, etc.). Ambas atuam simultaneamente, produzindo reações diversas. Elas podem impulsionar o enfrentamento da situação, a fuga, o estado de indecisão e, no extremo, a paralisação, que se evidencia no sentimento de estar perdido, de não saber para onde ir.

 

Uma das mais complexas, a escolha profissional, de partida, mobiliza o confronto com vários temores: errar, não corresponder às expectativas dos pais, decepcionar, fracassar, perder o apoio da família, assumir a responsabilidade pelos possíveis desacertos, etc. Os componentes emocionais nem sempre são conscientes. Por isso, podem se revestir de racionalidades que, apesar de aparentarem soluções, são verdadeiras armadilhas.

 

Quando a intensidade das inquietações é proporcional ao temor de enfrentá-las, é comum, por exemplo, os jovens apegarem-se à “convicção” de que não será necessário pedir ajuda porque ninguém exerce influência sobre as decisões dos outros. Costumam recorrer também ao mecanismo da negação da dúvida e da incerteza, sustentando-se na fantasia de que somente os inseguros se questionam. Além dessas, outras racionalidades induzem aos equívocos que todos os anos levam muitos estudantes a considerar como objetivo principal apenas o ingresso na universidade. Assim, terminam optando por cursos menos concorridos para serem aprovados de qualquer maneira; cursos cujas matérias exigidas apenas para o vestibular coincidem com aquelas que preferem; profissões em alta porque consideram que sucesso, dinheiro e status estariam garantidos; ou profissões que oferecem oportunidades de trabalho com a família.

 

São esses modos de escolha que podem conduzir o estudante a engrossar a fila daqueles que abandonam os cursos ou os concluem desvinculados de projetos por absoluta falta de identificação.

 

A escolha profissional demanda reflexão sobre questões subjetivas associadas à análise de informações sobre as profissões, o mercado de trabalho e as particularidades do mundo contemporâneo. Estamos vivendo num ambiente complexo e sem fronteiras, onde o conhecimento assumiu um lugar central na economia e o capital intelectual passou a ser cada vez mais uma vantagem competitiva.

 

A produção e a superposição de novos conhecimentos provocam tanto o desaparecimento de campos profissionais quanto a abertura de novos mercados e de novas áreas de atuação. Isso significa dizer que a conquista do lugar e a permanência dos profissionais e das organizações no mercado exigem competência para lidar com transformações crescentes e aceleradas. Essa é uma condição particular daqueles que sabem o que querem e aonde desejam chegar. Caminho que pressupõe uma escolha sintonizada com as condições pessoais e com a realidade. A escolha pode ser ponto de partida de uma trajetória de sucesso ou de fracasso.

sexta-feira , 02 de ago, 2013 Categoria : Estudantes

DEPOIMENTOS

Escolher que profissão seguir não é tarefa fácil, especialmente sozinho. Ótimos métodos, boa temática de avaliação, boa dinâmica nos encontros, consultora muito gente boa e ajudou bastante.

 

 

Morgana Herdle

Morgana Herdle
depoimentos de estudantes

“Sou psicólogo e psicanalista, moro em Caruaru. Trabalhei doze anos numa escola particular de classe média nessa cidade. Fiz o curso da Trajeto e saí com um projeto que atendia à minha realidade e necessidade  institucional.

Fiz grandes amizades e trocas de experiências com diversos profissionais de outras escolas e realidades, o que enriqueceu o meu repertório de ação e intervenção junto à minha clientela. Super recomendo o curso. É uma equipe competente e comprometida. Obrigado a todos pela formação!”

Maurício Ramos
depoimentos de profissionais

HISTÓRICO

NEWSLETTER

Cadastre-se abaixo e receba em seu e-mail as novidades da Trajeto Consultoria.
[mc4wp-form]

Rua das Pernambucanas, 407, sala 709.
CEP: 52011 - 010, Graças, Recife - PE.
Fone/Fax: (81) 3221.1566
Website desenvolvido pela Unu Soluções